10/08/2008

Não durma

Quais são os teus problemas? O quanto você está submerso em dificuldades? O que te impede de ir onde deseja? Já viveu a sensação de estar com tantos problemas, diante de tantas dificuldades, que chegou ao ponto de pensar “vou morrer” ou “não vai dar pra continuar” talvez murmurou “desisto”.

Nunca cheguei a este ponto, porém, apesar da pouca idade já desanimei muito na vida. Tudo porque muitas vezes as coisas não aconteceram como eu planejei ou esperei que acontecessem. Quinta um professor disse “planejar é improvisar com dados” achei a frase ótima. No sábado fiquei desanimado, porque mais um fim de semana eu fiquei sem ir onde queria, por ainda depender de carona.

Isso me levou até uma locadora, fiquei em dúvida entre Desafiando Gigantes, Mohammad Ali, Eu Sou A Lenda e As Torres Gêmeas. Como já tinha assistido Desafiando Gigantes, logo descartei, mas, é um filme que sempre vale a pena assistir; Entre dois filmes com o Will Smith, optei pelo mais recente junto com as Torres. Entre uma suposta catástrofe e um fato real, as duas obras agradaram, porém, se tiver que destacar um, as Torres levam esta indicação.

Ao olhar aqueles dois homens soterrados, fiquei imaginando o que faria no lugar deles. O apoio entre eles foi fundamental para que não perdessem as esperanças. Quando a ajuda chegou, e a salvação deles se aproximou, me veio a cabeça “Não importa sob o que você está soterrado, tenha esperança”.

Tenho os meus problemas, enfrento as minhas dificuldades, tenho as minhas frustrações, mas, nada do que vivi, vivo (ou viverei – espero) pode ser comparado ao que é tratado no filme.

Dois homens que tomaram a frente, e se dispuseram a ajudar outras pessoas, pondo em risco suas próprias vidas. Estavam ali, face to face com a morte. O mais experiente sabia que deveriam ficar acordados, isso seria fundamental para a sobrevivência. Soterrados, feridos entre escombros de grandes prédios. VOCÊ FICARIA ACORDADO ESPERANDO A SALVAÇÃO.

O dormir – fechar os olhos – é tão fácil, por que lutar contra algo que é bom, dormir, descansar e morrer. Pronto acabou. Mas, eles sabiam que não era hora, eles ainda tinham o que viver. Esposa, família, filhos...

Não importa o quanto de escombros tem sob a sua vida, e o quanto ainda vai vir a cair. Fique acordado e tenha esperança.

2 comentários:

Nightfall disse...

Bom o teu post
bem interessante para refletir

parabens

abraços

André Luz da Silva

Vinícius Testa disse...

Valeo o comentáraio, e volte sempre, com mais comentáios...

paz!